Marketing

Quais são as características de um texto publicitário e como produzi-lo? Saiba tudo

Escrever uma boa redação publicitária depende de algumas técnicas. Com as dicas a seguir, você vai conseguir melhorar muito a qualidade dos seus textos.

Por Nerdweb - Dia 02 de Novembro de 2021 às 00:11

O conceito de que “a propaganda é a alma do negócio” faz todo o sentido, e se você tem interesse nesse assunto, é fundamental estudar mais a respeito do texto publicitário, que é aquele pensado para levar o público-alvo de determinada marca a sentir desejo de consumir algum tipo de produto ou serviço.

A criação publicitária depende totalmente do texto publicitário, que precisa ser produzido de acordo com as exigências do produto e com a linguagem que impacta o público-alvo. Esse modelo de texto tem suas próprias características e, a partir do momento em que você estuda e compreende essas especificidades, fica muito mais fácil colocar a mão na massa.

Para que serve um texto publicitário?

O texto publicitário tem um objetivo claro: fazer com que o público-alvo de uma marca conheça determinado produto ou serviço, sinta vontade de adquirir essa oferta e, de fato, realize a compra

É justamente por esse aspecto de convencimento que a redação publicitária se baseia no discurso aristotélico, que convence e seduz quem vê o anúncio com base em argumentos simples e feitos de forma direta. Por isso, é essencial que o texto publicitário não deixe dúvidas a respeito do produto ou serviço.

mulher-escrevendo-em-um-computador

Características do texto publicitário

Antes de darmos as dicas para que você produza seu texto publicitário, mostraremos quais são os elementos que costumam estar presentes nesse tipo de escrita aristotélica. Confira a seguir:

  • Exórdio: É o título, que tem a função de fisgar a atenção do leitor de forma rápida e com poucas palavras. É preciso que esse título mostre o tema principal do anúncio e faça com que a pessoa sinta vontade de conhecer melhor o serviço ou produto. Exemplo: “Páscoa sem prejuízo: Chocolates de qualidade e com ofertas imperdíveis!”.
  • Narração: É o momento no qual o texto convence o leitor a concordar com os argumentos apresentados. É preciso que essa redação seja elaborada de forma simples e atraente, resultando em uma leitura confortável. Exemplo: “Você não precisa gastar muito para presentear quem mais ama nesta Páscoa! Nossos produtos foram pensados para que não falte chocolate a ninguém da sua família”.
  • Provas: É aqui que você precisa apresentar as características mais atraentes do seu serviço ou produto. Exemplo: “Feitos com chocolate belga e com diversas opções de recheio, nossos ovos de Páscoa são bonitos, grandes e saborosos”.
  • Peroração: Nesta etapa do texto, você deve concluir o raciocínio e reforçar o discurso do título, fazendo com que o leitor se convença de que a sua oferta é a melhor. Exemplo: “Conheça nosso catálogo, faça seu pedido e tenha uma Páscoa com o verdadeiro sabor do cacau!”.

Todas essas etapas podem estar presentes em textos longos, mas também nas redações mais curtinhas, como aquelas feitas para anúncios em redes sociais. Em alguns casos, a etapa da narração pode ser deixada de lado, mas é preciso avaliar cada cenário com cuidado. 

O que é um bom texto publicitário?

O bom texto publicitário é aquele feito de forma inteligente, mas sem parecer apelativo. Para isso, a redação precisa ser:

  • Promocional: A ideia é fazer com que a mensagem que promove o serviço ou produto seja transmitida de forma direta e chegue ao público-alvo. É preciso ter um objetivo definido na hora de começar a fazer o texto. É uma campanha nova? Uma oferta sazonal? Uma queima de estoque? Deixe isso sempre claro.
  • Persuasivo: A persuasão é o que faz com que um texto publicitário seja lido da forma esperada. É preciso argumentar, apresentar provas que mostrem que o público pode acreditar no que está vendo. 
  • Original: O que não falta por aí é o tal “mais do mesmo”, mas, quando um texto é original, as chances de sucesso são muito mais altas. É necessário buscar formas de inovar, por isso os profissionais de criatividade são tão importantes. 
  • Direcionado: Uma boa campanha publicitária é voltada para um público-alvo específico. Não adianta falar com uma linguagem mais jovial, seguindo modelos de memes das redes sociais, se a intenção for vender um produto para idosos que sofrem com a queda de cabelo, por exemplo. Conhecer a sua persona, ou seja, a linguagem que é mais bem aplicada em cada tipo de texto, é fundamental.

Dicas de como produzir um texto publicitário

 

Se você espera uma fórmula mágica ou receita de bolo, já adiantamos: isso não existe. Assim como acontece em muitas áreas de atuação profissional, escrever um bom texto publicitário depende de alguns fatores.

trabalhadores-de-uma-agencia-de-marketing-escrevendo-um-texto-publicitario

O primeiro deles é estudar diversos modelos de anúncios e buscar campanhas que fizeram sucesso com o público — o Google está aí para isso! Depois, tente fazer seus próprios textos e comparar com aqueles que já são considerados bons.

Em termos de treinamento, é sempre possível seguir alguns passos para que a sua escrita criativa seja mais envolvente e cative seus clientes. Confira algumas dicas para isso:

  • Use uma linguagem simples: Deixe o academicismo para lá e aposte em uma redação que seja capaz de conversar com o leitor. Crie elos entre a ideia principal e o seu público-alvo, vá direto ao ponto e não faça rodeios.
  • Crie bons títulos: Essa missão é mais complicada do que parece, mas costuma melhorar com a prática. Quando falamos em texto publicitário, é preciso entender que o título é o que vai pescar a pessoa e dizer se ela vai ou não prestar atenção no restante do conteúdo. Lembre sempre da dor e do desejo do seu público e aposte nesses aspectos na hora de criar um título atraente.
  • Mostre como o produto ou serviço é útil: Não adianta tentar vender algo que não faça sentido, não é mesmo? Por isso é importante que seu texto mostre a utilidade prática do produto ou serviço lançado. Revele como o seu público-alvo será beneficiado se comprar a sua ideia. 

Se você quiser melhorar a qualidade dos seus textos, não tem caminho curto: o jeito é estudar, observar os textos que fizeram sucesso em outras campanhas, criar suas próprias redações e repetir o ciclo por tempo indeterminado. 

Jargões e clichês existem porque, no fundo, muitos deles fazem sentido, então lembre-se da máxima: a prática leva à perfeição. Pratique, todos os dias, e você verá como o processo se tornará mais claro e mais simples.

FIQUE POR DENTRO!

Fique atualizado com as últimas noticias, dicas e novidades da Nerdweb.