Negócios

Como anunciar no Google Ads? Confira neste mini guia completo

Saiba como anunciar no Google Ads e fazer seu negócio chegar ao cliente no momento da pesquisa. Veja agora o mini guia completo para alavancar sua estratégia!

Por Nerdweb - Dia 26 de Junho de 2020 às 00:06

Sem dúvidas, muitos empreendedores querem essa resposta. O antigo Google Adwords — agora chamado de Search Ads  — passou a ser uma ferramenta dentro da plataforma Google Ads. Os serviços de publicidade da empresa evoluíram, trazendo, agora, soluções diferentes e que cobrem quase que completamente o mercado digital.

A mudança ocorreu em 2018 (quase 18 anos depois da criação do serviço). Muita coisa mudou  para a felicidade de quem trabalha com a criação de anúncios  publicitários na internet e hoje, é possível fazer anúncios online em vídeo, texto, banner e muito mais. 

Além disso, a ferramenta fornece relatórios e métricas detalhadas de cada campanha que é criada na internet.

Ao anunciar na internet, as empresas podem ter um aumento significativo na visualização de seus produtos e serviços no momento ideal do consumidor. Isso porque  os anúncios são exibidos para os clientes no momento em que uma pesquisa é feita, seja no computador, tablet ou smartphone.

Enquanto consumidor, você já deve ter usado o buscador do Google para fazer uma pesquisa e sentido que os algoritmos te entregaram os resultados que você esperava, de forma exata, certo?

O Google Ads evoluiu ao longo dos anos e a forma de anunciar na internet foi e continua sendo aprimorada todos os dias. Independente das atualizações, é possível dizer que os anúncios patrocinados assertivos não só atingem o potencial cliente na hora certa, como podem aumentar e muito o seu faturamento, caso seja esse o objetivo da campanha.

Que tal alavancar suas estratégias na internet? Nas próximas linhas você saberá exatamente como anunciar no Google e melhorar os resultados da sua empresa na prática. Leia o artigo preparado pela equipe da Nerdweb e saiba mais!

Anúncios patrocinados: por que e como anunciar no Google Ads

Por  que e como anunciar no Google Ads? Independente do segmento e do porte da sua empresa, criar um anúncio online e investir em campanhas do Google Ads é algo que pode trazer um retorno significativo para suas vendas com um investimento que não precisa ser inicialmente tão alto!

Listamos alguns fatores que validam os porquês anunciar na internet:

  • Um anúncio online do Google pode ser exibido em mais de 2 milhões de sites e alcançar até 90% dos internautas do mundo inteiro;
  • As empresas podem definir metas específicas para os anúncios;
  • É possível personalizar os anúncios a partir de uma segmentação estratégica;
  • O Google Ads permite que você comece com pouco investimento;
  • Os anúncios podem começar ou pausar de acordo com a necessidade da empresa.

Anunciar na internet é algo que pode aumentar e muito a visibilidade do seu negócio para pessoas que nunca conheceriam sua empresa sem o Google. 

Pare e pense: a internet pode ser um grande shopping virtual e que o Google é o maior mecanismo de busca dessa terra e juntamente com os parceiros da chamada rede de pesquisa — todos os sites noticiosos, blogs e apps parceiros do buscador — o seu negócio poderá se destacar de forma precisa,  24h por dia, nas mais diversas cidades do país.

Quando que uma loja física terá esse poder? Fica a reflexão!

89% das pessoas já fez buscas na internet sobre um produto ou serviço antes da decisão de compra, segundo uma pesquisa da We Are Social em parceria com a Hootsuite.

Dados da Content Trends (2019) revelam que quase 98% dos internautas consomem conteúdos online e a busca orgânica do Google lidera o canal preferido por parte de 80% do público.

Está esperando o que para aprender como anunciar no Google Ads e explorar o potencial desta plataforma para beneficiar seu negócio? Veja no próximo tópico o passo a passo para anunciar na internet!

Passo a passo para anunciar na internet com o Google

Para aproveitar 100% das vantagens da publicidade no Google Ads, é muito importante fazer um checklist com todas as etapas da criação do seu anúncio online. Basicamente são elas:

  • Criar uma conta de anúncios no Google Ads;
  • Selecionar os termos e palavras-chave mais estratégicas de acordo com a empresa;
  • Defina os objetivos da sua campanha;
  • Faça uma busca de sites estratégicos da rede de pesquisa;
  • Escolha o formato do anúncio;
  • Pesquise as tendências do momento relacionadas ao seu produto ou serviço;
  • Planeje o orçamento;
  • Configure a campanha para a plataforma desejada;
  • Faça a segmentação adequada;
  • Mensure seus dados como performance e retorno sobre investimento (ROI).

São muitas informações de como anunciar no Google Ads não é mesmo? Calma! Vamos explicar os principais etapas de como criar seu anúncio com exemplos práticos para facilitar a sua vida.

1. Crie sua conta de anúncios no Google Ads

O primeiro passo para criar um anúncio online é ter uma conta no Google Ads. Você precisa abrir o site oficial da ferramenta e fazer seu cadastro no botão “comece agora” que fica do lado direito. Na sequência, será exibida uma tela e você precisa confirmar seu melhor e-mail do Google para vincular à conta do Google Ads.

2. Pesquise os termos mais estratégicos para seu anúncio

Antes de definir uma campanha completa, que tal utilizar a ferramenta de pesquisa de palavras-chave do Google Ads para descobrir o que as pessoas estão buscando sobre seu produto ou serviço na internet? 

Além de construir uma estratégia muito mais direcionada, escolher os termos certos e palavras-chave que estão relacionadas aos objetivos do seu negócio é algo que pode impactar no gasto da campanha e nos resultados, sem dúvidas. 

Vamos a um exemplo prático? 

Imagine que seu objetivo é criar um anúncio sobre um curso de Google Ads. Para saber o volume de buscas mensais por esse termo, é importante clicar em “descobrir novas palavras-chave” no gerenciador da ferramenta, como nas imagens abaixo:

Na imagem acima, a busca já foi feita com palavras estratégicas, pois há um objetivo e assunto inicial. Afinal, como saber se o termo  curso Google Ads é o melhor para sua campanha? Ao clicar em “ver resultados”, você terá a exibição de outro dashboard com uma análise mais detalhada.

Observe bem os grifos nas cores vermelha e laranja. Além do volume de buscas mensais pelas palavras da pesquisa, o Google Ads também fornece informações sobre a concorrência dessa palavra para anunciar online e os possíveis custos.

Na caixa nomeada como ampliar sua pesquisa do lado esquerdo, o próprio Google seleciona ideias de palavras-chave a partir da busca inicial. Conforme a campanha for sendo definida, o painel ficará mais completo e você terá acesso a outras estimativas e métricas.

Como eu faço para encontrar as melhores palavras-chave e termos de pesquisa se não faço ideia de como anunciar no Google Ads e de como as pessoas podem pesquisar por meu produto e serviço?

Se identificou com a dúvida acima? Saiba que é possível fazer sua pesquisa de termos a partir de um site de referência ou da própria concorrência. Fizemos um exemplo com o endereço da página inicial do site Nerdweb. Olha o resultado:

3. Defina os objetivos da sua campanha

Não há como criar um anúncio online sem ter um objetivo. O que você deseja alcançar para sua empresa com o Google Ads? São possibilidades:

  • Mais cliques no site;
  • Aumentar o número de vendas;
  • Receber mais ligações;
  • Impactar as pessoas com uma ação de remarketing;
  • Gerar leads qualificados entre outras.

Se a sua empresa tem uma meta clara, como por exemplo: aumentar o faturamento em 30% nos próximos seis meses, o direcionamento da campanha ganha outro olhar.

A partir dos objetivos bem traçados, a definição do orçamento ideal para investir online, a análise do custo das palavras e dos custos diários fica muito mais completa, assim como o próprio formato do anúncio.

Abaixo algumas possibilidades para anunciar na internet por meio do Google.

4. Faça uma segmentação adequada

Não adianta criar um anúncio maravilhoso, com um texto atraente e um formato que encanta. É preciso segmentar esse anúncio de acordo com os interesses e o perfil do cliente que você deseja impactar.

São informações que fazem parte da configuração de uma campanha e que você deve colocar no planejamento inicial da ação:

  • Localização;
  • Idioma;
  • Dispositivos de preferência (smartphone, computador, etc.);
  • Idade do público que você deseja impactar;
  • Local de exibição de anúncio (mecanismos de busca, blog pessoais, sites comerciais);
  • Palavras-chave, termos de pesquisa e histórico de navegação do usuário.

Em resumo: o Google Ads é um universo de possibilidades e quanto mais você souber sobre o perfil do público que será impactado, mais chances de obter bons resultados, na prática!

5. Escolha o formato de anúncio

Como você imagina seu anúncio sendo exibido? Anunciar na internet é sempre um desafio e os testes podem ser muito úteis neste sentido. 

No Google Ads, os anúncios podem ser exibidos acima das três primeiras posições orgânicas, mas existem outros formatos interessantes como:

  • Rede de display;
  • Vídeo;
  • Rede de pesquisa;
  • Discovery;
  • Shopping entre outros.

 Conheça os detalhes de cada formato no tópico seguinte.

Descubra o melhor formato para seu anúncio online

Como saber se o anúncio vai dar certo ou não? Um bom planejamento é meio caminho andado, mas testes também ajudam. Para te dar aquela mãozinha na hora de entender os melhores formatos, separamos uma explicação detalhada sobre cada um deles.

Rede de pesquisa

Na rede de pesquisa, o seu anúncio pode ser exibido nas quatro primeiras posições de destaque no topo do Google e dos sites parceiros, além das três últimas posições da primeira página (se a palavra-chave escolhida tiver uma concorrência alta).

O mais interessante do formato é que esse perfil de anúncio é bem direcionado para pessoas que estão interessadas em serviços ou produtos, já que estão buscando por eles. Ou seja: seu próximo cliente pode estar a um clique de distância, literalmente.

É interessante destacar que os anúncios da rede de pesquisa são indicados tanto para as primeiras etapas do funil de vendas quanto para o fundo do funil de vendas pelo formato objetivo. É uma ótima alternativa para captar a intenção de compra e apresenta soluções imediatas para o problema de busca.

A pessoa pode fazer uma pesquisa como “comprar kindle” e ter um resultado parecido com a imagem abaixo ou pode pesquisar algo mais genérico como “qual remédio tomar para dor de cabeça” e ter vários resultados que podem tirar dúvidas ou já sugerir uma solução que é a compra do remédio para dor de cabeça.

anuncio amazon rede de pesquisa

Rede de display

Já pensou em exibir seus anúncios exatamente nas páginas de sites ou canais de YouTube que o seu cliente está acessando sobre um determinado assunto? Com a rede de display é possível!

Digamos que você tenha uma editora ou trabalha com uma plataforma que vende livros e acessórios para e-book como Kindle. Não seria interessante exibir o anúncio dos seus produtos em sites no qual o público-alvo está acessando?

Com um anúncio online da rede display, as chances de conversão são mais altas, sem dúvidas. 

É neste formato que a mágica do Google acontece. O usuário está lá pesquisando sobre determinado assunto com muito interesse e de repente a solução aparece para ele em um banner, por exemplo.

Em resumo, vale a pena considerar a rede de display na hora de anunciar online pelos seguintes motivos:

  • O alcance é maior e o anunciante pode chegar ao consumidor pelo canal mais estratégico;
  • A rede de display considera os interesses do cliente nas diferentes etapas da jornada de compra;
  • Os anúncios podem ser exibidos em texto, gráfico, vídeo ou rich media (anúncio mais elaborado);
  • Você pode gerenciar seu orçamento de campanha em tempo real e saber exatamente quais são os gastos e custos por clique de anúncio;
  • Os anúncios podem ser inseridos no formato de banner nos sites mais estratégicos.

 A rede de display do Google é composta por sites, aplicativos para smartphone, YouTube, Gmail, Blogger entre outros canais. Ou seja, use e abuse da criatividade permita para criar um anúncio impactante e cative seu cliente.

A rede de display oferece uma gama de possibilidades e, nesta fase, o cliente está em um momento de conscientização. Portanto, não vale a pena queimar investimento sem oferecer algo que agregue à pessoa no momento em que ela se encontra.

Remarketing

A decisão de compra é um caminho repleto de desafios e fatores que não dependem somente do seu produto ou serviço. 

Além do momento de vida do comprador e do dinheiro que ele dispõe para comprar, há várias empresas que podem estar na concorrência para oferecer um custo-benefício mais interessante que o ofertado pelo seu negócio. 

Como o próprio nome diz, o remarketing é a estratégia para atrair seu público novamente. Vai que história do amor à segunda vista funciona, né?

Muitos consumidores não compram imediatamente depois de realizar uma pesquisa inicial. Afinal, eles estão mais exigentes e muitas vezes fazem mais buscas, comparam preço, marca, lêem review e se informam o máximo que podem antes de tomar uma decisão. 

Dados do próprio Google Ads revelam que apenas 3% das pessoas que visitam uma loja virtual saem sem abandonar o carrinho. Adicione aqui outros fatores como preço do produto, especificidades da compra e orçamento necessário para finalizar a compra.

Basicamente, o remarketing permite que um anúncio online seja criado nas seguintes condições:

  • Uso de dados e listas para segmentação;
  • Consideração da etapa da jornada de compra do cliente;
  • Envio de mensagem personalizada no e-mail ou canal de contato do consumidor.

 Para ficar mais claro, pense na seguinte situação:

Maria fez uma pesquisa ampla em e-commerces com o objetivo de encontrar cosméticos que não foram testados em animais. No entanto, ela não encontrou exatamente o que queria nas primeiras buscas e deixou para tomar a decisão posteriormente.

Ao trabalhar com uma campanha de remarketing, uma marca que pode atender a essa demanda, consegue reimpactar pessoas como Maria. 

Em uma análise mais técnica, os anunciantes podem criar listas de interesse para atingir pessoas como essa cliente, considerando fatores como: valor das compras realizadas pelo usuário, visitas a um determinado site, inscrição em newsletters, entre outros.

Na dúvida sobre as vantagens do remarketing? Listamos algumas para você:

  • O visitante vai lembrar da sua oferta;
  • Há uma chance de fazer com que o cliente avance na jornada de compra;
  • O anúncio pode ser personalizado para aquela pessoa.

Vale lembrar que há mais de um tipo de remarketing: o remarketing dinâmico e remarketing para dispositivos móveis são os mais comuns. No primeiro caso, os anúncios são criados pelo próprio Google Ads para pessoas que navegam nos sites da rede de display. 

Já no caso dos celulares e outros dispositivos móveis, as pessoas podem visualizar os anúncios enquanto mexem em um aplicativo. É, de fato, uma propaganda!

Dica extra: além de uma campanha de remarketing, você pode utilizar outras estratégias para tornar seu anúncio mais rico e oferecer uma experiência mais completa, com o objetivo de cativar e convencer quem está do outro da tela a comprar da sua marca.

O marketing de conteúdo é uma ferramenta poderosa para fazer isso. 

Afinal, pessoas gostam de aprender coisas úteis e se for algo que interessa para elas, oferecer conteúdos relevantes gratuitamente em formato de e-book ou outras ferramentas que vão ajudá-la a resolver um problema podem contribuir para a lembrança da marca. 

Planejamento é a base de tudo para saber como você pode construir uma campanha mais eficiente de remarketing e de que forma escolher estratégias que complementam o anúncio online.

Retargeting

O nome da estratégia pode até ser meio parecido com a anterior, mas o retargeting tem um objetivo bem claro: a conversão de pessoas que já mostraram interesse nas ofertas do seu produto ou serviço a partir de anúncios online.

É o formato ideal para direcionar o cliente para uma ação. Neste caso, os anúncios só aparecem para quem entrou em determinada página. 

Ou seja, a campanha é direcionada realmente para um lead qualificado ou usuário que tem mais chances de efetivar a compra. Geralmente as taxas de conversão de um anúncio retargeting são mais altas do que uma campanha geral de Google Ads devido às especificidades do formato.

Uma dica que você deve levar para a vida e o planejamento antes de optar por esse tipo de anúncio é fazer uma análise completa do comportamento do seu usuário para de fato alcançar o alvo, ok?

As listas de segmentação continuam sendo muito válidas. Veja alguns dados interessantes para coletar e fazer seu planejamento:

  • Número de visitas ao seu site;
  • Frequência de visitas ao seu site, conforme usuário;
  • Visualizações (tempo e frequência) de um produto ou serviço específico do site;
  • Interações com a marca.

Independente do formato de anúncio, conhecer o comportamento do consumidor e do indivíduo que você deseja atingir é essencial.

Google Shopping

Você já viu a vitrine virtual do Google? É possível construir uma mini loja, com fotos de produtos, valores e links que direcionam o usuário para o site da marca por meio do Google Shopping.

google shopping

Você já viu a vitrine virtual do Google? É possível construir uma mini loja, com fotos de produtos, valores e links que direcionam o usuário para o site da marca por meio do Google Shopping.

Se você quer anunciar online e acredita que seu produto tem potencial para ser exibido assim, a boa notícia é que além de ser um anúncio interessante no aspecto visual e interativo, o Google Shopping foi liberado de forma gratuita durante a pandemia da Covid-19 para ajudar as empresas.

A principal vantagem do Google Shopping é expor os produtos para um número alto de pessoas que já pesquisaram sobre o assunto.

Os resultados do Google Shopping se destacam até mesmo antes dos links patrocinados e configurados pela rede de pesquisa. Uma vantagem e tanto para empresas e consumidores que podem obter um resultado mais rápido.

Quando uma pessoa clica no anúncio ou na aba “resultados no Google Shopping para”, ela é direcionada à uma página mais completa com todas as informações do produto desejado.

Os benefícios de cadastrar uma loja virtual ou empresa nessa funcionalidade do Google são inúmeros como:

  • Aumento de tráfego no site;
  • Mais chances de conversão;
  • Maior alcance;
  • Opção de exibir os produtos com detalhes visuais e técnicos;
  • Mais dados para analisar posteriormente paras suas campanhas.

Legal né? Fica a dica!

Pronto para anunciar no Google Ads?

Agora que você aprendeu um pouco mais sobre como anunciar no Google Ads com este mini guia, estudar mais e colocar em prática as dicas é uma boa forma de colocar as mãos na massa.

Existem qualificações gratuitas do Google que auxiliam iniciantes a mexer no gerenciador de anúncios do Google Ads e desvendar esse universo de métricas, análises e estratégias para alcançar o consumidor com anúncios relevantes.

O primeiro passo para criar um anúncio online é entender o que a sua empresa deseja conquistar com esse anúncio. Uma campanha sempre pode ser melhorada, revisada e alterada conforme a estratégia e a performance do anúncio.

Há outros fatores técnicos que influenciam a criação de um anúncio como: posicionamento, qualidade do anúncio, experiência do usuário e concorrência por determinado termo ou objetivo. Porém, se você é iniciante neste universo, o primeiro passo é testar.

...

Precisa de ajuda para criar seus anúncios online com mais precisão? Converse com os especialistas em Mídia da Nerdweb e saiba mais!

FIQUE POR DENTRO!

Fique atualizado com as últimas noticias, dicas e novidades da Nerdweb.