E-commerce

5 dicas para você aprender como vender mais sem dar desconto no e-commerce

Conheça algumas estratégias para aumentar o volume de vendas sem que seja preciso, necessariamente, reduzir os preços de produtos e serviços.

Por Nerdweb - Dia 22 de Março de 2019 às 15:03

Quando gestores e empresários se perguntam o que fazer para vender mais, uma das primeiras ideias que vêm à mente é a de oferecer descontos. De fato, essa estratégia funciona, mas pode não ser a mais interessante. Saber como vender mais sem dar desconto, portanto, passa a ser um desafio.

Diferentemente do que se pode acreditar, o simples fato de conceder um desconto para o cliente não significa que ele efetuará a compra. E mais: em algumas situações, o consumidor pode ficar tão acostumado e dependente desse tipo de concessão que não fechará mais nenhuma outra venda se não houver desconto – e nem sempre será possível conceder esse benefício.

Para fugir dessa estratégia, listamos aqui outras cinco dicas para que você busque caminhos alternativos para atrair o seu cliente para fechar negócio sem que seja preciso mexer no preço de um produto ou serviço.

1. Atraia os consumidores pela qualidade dos produtos

Quando o preço deixa de ser o item mais atrativo de um produto, então o lojista precisa buscar outros meios de convencer o consumidor de que aquele item é interessante. Nem todos têm outras prioridades que não o preço, mas é justamente esse o caminho: atrair clientes que dão valor à qualidade, à exclusividade e à experiência de consumo.

Inspire-se no que as marcas de luxo fazem para atrair consumidores. Elas valorizam a qualidade dos ingredientes e dos materiais, a durabilidade dos itens, a experiência de uso sem problemas e o sistema de suporte, como redes de assistência técnica e facilidades para a troca caso algo de errado aconteça. Em resumo: encontre outros diferenciais.

2. Simplifique o processo de compra

Para oferecer outros atrativos, é essencial que o seu site seja simples, em todos os sentidos. Desde a busca por um produto até a colocação dele no carrinho, o ideal é que o consumidor não precise de mais do que três cliques. O processo deve fluir com naturalidade, em uma interface intuitiva.

Se o consumidor tiver que refletir sobre onde está um determinado link ou o que fazer agora, então é sinal de que o processo requer melhorias. Empresas como a Amazon, por exemplo, são eficientes pela simplicidade de oferecer até mesmo um sistema de compras com um único clique. Nesse caso, dados de cartões já estão salvos, assim como endereço de entrega, e basta ao cliente dizer “sim”.

3. Absorva os custos de frete

Se você não está oferecendo um desconto no produto final, tente fazer concessões de outras maneiras para o consumidor. Uma delas é oferecendo frete grátis. Você pode estipular um valor mínimo de compras, a partir do qual as despesas com envio serão cobertas pela sua empresa.

Sabemos que, na prática, o frete não é grátis para você – os custos não vão deixar de existir milagrosamente. No entanto, essa mudança de abordagem estimula os clientes a prosseguirem com a compra, pois eles veem como uma vantagem o fato de não ter que dispender um valor “extra” para comprar um produto.

4. Faça o cliente se sentir confortável

Não importa qual é o tipo de produto que a sua loja vende, é fundamental que o cliente se sinta muito à vontade durante todo o processo de compra. E isso passa pelo atendimento direto que você deve oferecer. Disponibilizar um chat para que ele possa tirar dúvidas, por exemplo, é uma grande iniciativa.

Encoraje as pessoas a conversarem com você. Tire as suas dúvidas, esclareça detalhes sobres as características dos produtos e, se possível, comente até mesmo sobre a usabilidade que ele tem. Não dê resposta secas como “sim” ou “não”, desenvolva um diálogo com o cliente como se estivesse conversando com um amigo.

5. Facilite as formas de pagamento

E se você vendesse os produtos pelo preço justo, mas oferecendo ao cliente a possibilidade de ele parcelar essa compra em mais vezes? Esse também é um diferencial significativo no comércio brasileiro e ele também pode ser oferecido sem que para isso seja preciso mexer no preço final do produto.

As possibilidades de pagar a compra de forma parcelada ou de usar mais um cartão de crédito para uma compra são atrativos que devem ser oferecidos e destacados pela loja. Lembre-se: simplifique ao máximo a vida do seu cliente e a última coisa em que ele vai pensar é em pedir um desconto. Se todas as expectativas dele forem atendidas até certo ponto, as chances de que ele conclua a compra aumentam.

Se quiser mais dicas para vender mais, entre em contato com a Nerdweb! Nós ajudamos o seu negócio a crescer.

Leia mais:

FIQUE POR DENTRO!

Fique atualizado com as últimas noticias, dicas e novidades da Nerdweb.