Negócios

Como o Data Branding pode fortalecer sua marca?

Explicamos em detalhes como o uso de dados podem te ajudar a criar uma marca forte.

Por Nerdweb - Dia 04 de Março de 2021 às 00:03

O branding baseado em dados é uma ferramenta poderosa na era dos comércios digitais e storytelling nas mídias sociais. Em função da grande quantidade de dados gerados nos meios da internet, quem trabalha com marketing tem uma visão muito mais holística da relação entre consumidor e marca do que jamais foi possível.

Esse entendimento vasto pode ser atribuído à prevalência de ferramentas de Business Intelligence que usam todos os dados possíveis para lançar ideias eficazes e aplicáveis ao mercado.

Alie isso aos métodos tradicionais de pesquisa de mercado, estratégia de produto e evolução de marca e você terá uma receita de sucesso. Quer entender mais? Acompanhe esse artigo.

Afinal, para que servem todos esses dados?

O que chamamos hoje de Data Branding encapsula o universo de dados que se expande diariamente, por meio da ação de empresas e consumidores. O volume de dados, na realidade, é tão grande, que pode ser intimidador começar a trabalhar em cima deles.

Todavia, existem ferramentas incríveis que permitem que negócios gerenciem, analisem e empreguem toda esta informação. A questão aqui é entender por que grande parte das maiores empresas do mundo entraram nesse bonde: a inteligência de negócios faz com que negócios consigam tomar decisões muito mais amparadas e que as previsões sejam muito mais precisas quantitativamente — isso é claro. Mas você sabia que aspectos amplamente qualitativos também podem ser derivados destes processos?

Pois é. O sucesso de estratégias de branding e relacionamento com o consumidor também pode ser medido com os dados que você recebe das suas ferramentas.

Qual o papel desses dados na longevidade de uma marca?

A análise da Big Data cumpre um importante papel ao aumentar a eficiência operacional, acelerar o desenvolvimento de produtos, melhorar a experiência do consumidor e maximizar o retorno sobre o investimento de qualquer campanha. Isso porque as diferentes linhas de informação digital provém de todas as áreas de uma empresa (financeiro, atendimento ao consumidor, inventário, gerência e assim por diante).

Considerando que, historicamente, os humanos organizavam qualquer tipo de informação por meio de tabulação e escrita manuais (mesmo quando importando tudo de sistemas legado), o processo não era apenas árduo, como impedia as marcas de responderem ao mercado com agilidade.

Além de utilizar métodos externos de geração de dados, como pesquisas de mercado, formulários de opinião e grupos focais, muitas marcas globais acessam os dados que geram internamente. O uso desses sistemas em conjunto resulta em decisões equilibradas, produção e criação que geral altos níveis de valor, além de estratégias de marketing muito mais refinadas.

Se não ficou claro ainda, tudo isso aumenta a relevância da sua marca e te permite criar projetos para mantê-la sempre em alta. Quem não quer estar sempre na mente e nos corações de seus clientes, não é mesmo?

O que você deve tirar de tudo isso:

1. Experiência do consumidor deve ser o foco, mas seu departamento de marketing precisa criar iniciativas para que seu cliente engaje

Seu departamento de marketing precisa gerar insights. Afinal, dados não se interpretam sozinhos. Analistas internos ou agências são responsáveis por visualizar e transmitir dados de maneira criativa e relevante.

Já a gerência precisa ter a iniciativa de transformar isso em ações interessantes, e desenvolver estratégias que priorizem sempre a experiência do consumidor.

A questão aqui é que profissionais de marketing são especialmente qualificados para entender os fatores que motivam vendas e aumentam a lealdade de um consumidor à sua marca. Contudo, eles precisam ter o aval do resto da estrutura corporativa para gerar o maior valor possível para a instituição.

Aproveite a oportunidade de puxar dados do seu consumidor e da sua empresa para criar uma experiência de compra superior e para diferenciar sua marca da competição!

2. A metodologia de pesquisa de mercado aumenta a ressonância de marca

Grandes empresas tradicionalmente têm por regra a implementação de novas estratégias por meio de pesquisas de mercado em seus mais variados formatos. Com a mentalidade data driven de hoje, sabemos que isso é nada mais, nada menos que a “mineração” de dados externos à organização.

A franquia global de cafés especiais Starbucks se tornou referência no assunto ao fazer exatamente isso. Com os resultados de suas pesquisas, a empresa cria e testa novos produtos baseados nas preferências e experiências de várias pessoas. Depois são colhidos dados de agências colaboradoras, feedback das mídias sociais e tudo isso é devolvido em forma de insights ao setor de desenvolvimento de produtos e de marketing.

O resultado? Eles conseguem se manter no topo de tendências globalmente emergentes, como bebidas sem lactose.

3. Storytelling baseado em dados dá credibilidade e longevidade à marca

Marketing de conteúdo surgiu como um grande motor estratégico para o desenvolvimento de marca e geração de leads. Jornalistas foram pioneiros na arte de incorporar pontos de dados relevantes às suas matérias para atiçar cliques, profissionais de marketing estão adotando esta estratégia com cada vez mais classe.

A estatística e os dados que sua empresa possui serão utilizados com mais eficiência se forem direcionados a resolver os problemas da sua clientela, do que se forem utilizados apenas para fazer sua marca “ficar bem na foto”. Seja impactante com as informações publicadas pela sua empresa e isso te dará credibilidade.

Além disso, experimentar com infográficos, conteúdos em vídeo e podcasts ajuda sua marca a alcançar novas audiências utilizando meios que são cada vez mais populares. Usar um cientista de dados ou plataformas de inbound marketing, pode te ajudar a identificar padrões de audiência entre as diversas mídias no mix de marketing moderno.

As maiores marcas do mundo estão coletando e utilizando todos os dados internos e externos que conseguem para se fortalecerem e se modernizarem cada vez mais. Ao alinhar uma pesquisa de mercado holística e focada em dados a um desenvolvimento de produto centrado no consumidor, essas marcas garantem seu lugar na economia do futuro. Você vai ficar de fora?

FIQUE POR DENTRO!

Fique atualizado com as últimas noticias, dicas e novidades da Nerdweb.