E-commerce

8 tendências do e-commerce para 2021

O e-commerce teve a maior alta em 20 anos, em 2020. Confira 8 tendências do e-commerce para 2021 e prepare-se para vender mais on-line. Saiba mais!

Por Nerdweb - Dia 08 de Dezembro de 2020 às 00:12

Quer saber quais são as 8 tendências do e-commerce para 2021? Você precisa ler esse artigo até o final. O mercado do comércio eletrônico está super aquecido e em meio à pandemia, as vendas on-line dispararam. 

Somente no primeiro semestre de 2020, o e-commerce brasileiro cresceu 47% segundo a  42ª edição do Webshoppers, da Ebit/Nielsen. Este índice representa a maior alta do setor em 20 anos.

Ao que tudo indica, os hábitos de compra pela internet vão continuar não apenas como uma tendência, mas uma transformação na forma de consumir. Em tempos de isolamento social e fechamento de lojas físicas, é inegável afirmar que a vida das pessoas mudou, a comunicação precisou ser adaptada e o modo de fazer negócios mudou.

Portanto, se você tem uma empresa ou quer empreender e está estudando estratégias para vender melhor, este artigo é para você. Continue lendo e conheça as 8 tendências de e-commerce para 2021!

1.Pagamento rápido, fácil e instantâneo com PIX

Desde que foi lançado, no final de 2020, o PIX está revolucionando o mercado. Se você ainda não parou para refletir sobre o impacto do PIX no e-commerce, é bom começar agora. Afinal, quanto mais comodidade o cliente tiver, maior a probabilidade de ele não abandonar o carrinho antes do checkout. 

As vantagens do PIX beneficiam tanto os proprietários de e-commerce quanto os consumidores.Afinal, esta modalidade de pagamento é instantânea e assim que o pagamento é efetuado por meio de uma chave (que pode ser CNPJ, e-mail, telefone ou QR Code) pelo comprador, o dinheiro entra no caixa de forma imediata.

Em resumo, o PIX e as modalidades de pagamento instantâneo são vantajosas pelos seguintes motivos:

  • Não há taxas absurdas e juros altos;
  • Mais fácil e rápido de pagar;
  • Não precisa emitir boleto;
  • Como o pagamento cai na hora, o pedido é processado de forma mais rápida.

2. Compras personalizadas

Como tornar uma experiência de compra tão marcante a ponto de encantar o cliente numa loja virtual? Existem várias estratégias que são válidas para aprender como fidelizar clientes no e-commerce como programa de fidelidade, atendimento de qualidade na hora da compra e no pós-venda e muito mais!

Proporcionar uma experiência única e mega personalizada é um dos segredos do sucesso nas vendas on-line. Pare e pense: o consumidor não pode provar o seu produto, cheirar e tocar em nada. Ou seja, a experiência deve ser, no mínimo, memorável desde o atendimento inicial até o recebimento da encomenda. 

Precisando de ideias para tornar a compra para seu público? Listamos algumas dicas para te ajudar:

  • Capriche na embalagem e na caixa de entrega do produto;
  • Se possível, inclua uma mensagem personalizada com o nome do cliente;
  • Crie promoções personalizadas para quem já é cliente;
  • Crie campanhas de remarketing personalizadas;
  • Ouça seu cliente com atenção e aposte no atendimento humanizado.

3. Otimize seu e-commerce para o mobile

O uso dos smartphones na hora de comprar é cada vez mais comum, mas de acordo com uma pesquisa da empresa Statista, cerca de 73% das compras serão feitas por meio de dispositivos móveis até 2023.

Ou seja, mais do que se preocupar com um layout responsivo para mobile, investir na experiência do usuário nesta plataforma quando o assunto é trabalhar com lojas virtuais é uma das 8 tendências do e-commerce para 2021 que requerem mais atenção.

Faça testes, invista em facilidades para o consumidor e lembre: quanto mais tempo o cliente passa tentando abrir o seu e-commerce ou executar uma função, mais rapidamente ele pode procurar a concorrência.

4. Assinaturas personalizadas

Reflita: você já fez parte de algum clube de assinatura? Se sim, qual foi sua maior motivação? Se sentir parte de uma comunidade e ser surpreso  de forma positiva provavelmente são elementos que podem ajudar a compor sua resposta.

As assinaturas personalizadas podem estar atreladas a produtos e serviços. No caso de um e-commerce do nicho de cosméticos ou produtos de alimentação saudável, por exemplo, o assinante paga uma mensalidade e em troca recebe uma caixa personalizada com vários produtos de acordo com sua preferência.

Além de ser uma excelente estratégia para conquistar clientes recorrentes, as assinaturas personalizadas de produtos e serviços não poderiam deixar de estar na lista das 8 tendências de e-commerce para 2021 porque podem gerar maior proximidade e vínculo com seu público, além de ser uma ótima tática para vender produtos exclusivos e novidades!

5. Lojas interativas

Sem um espaço tradicional e físico, as lojas virtuais precisam de cuidado e atenção porque são verdadeiras vitrines expostas 24h por dia para quem aparece no seu e-commerce para simplesmente “dar uma olhadinha” ou já tem um interesse em avançar no funil de vendas e concluir a compra.

É por isso que investir em lojas alternativas está entre as 8 tendências do e-commerce para 2021 e vai continuar por muito tempo. São recursos que podem inspirar essas mudanças:

  • Provadores virtuais;
  • Fotos multidimensionais;
  • Vídeos personalizados e com ângulos diversos.

Os provadores virtuais são recursos produzidos a partir de softwares de Inteligência Artificial (IA) que simulam o tamanho real de roupas, sapatos e acessórios para o consumidor que pode “provar” o produto no conforto da sua residência e ficar mais seguro.  Veja abaixo um exemplo da loja Shein:

 Imagem: Shein (2020) Imagem: Shein (2020)

Há outras ações que ajudam muito a proporcionar experiências melhores para o cliente. Fazer descrições completas e detalhadas dos produtos à venda, investir na produção de fotos de alta qualidade e vídeos de demonstração do produto também são estratégias muito válidas.

6. Consumo consciente

O consumo consciente é uma tendência mundial que não faz parte simplesmente de um movimento de “moda”, mas de um conjunto de atitudes que são cada vez mais incentivadas para preservar o planeta.

Muitas marcas estão aderindo este movimento não só nos e-commerces, como também nas redes sociais. Um exemplo interessante, de 2020, foi o caso da livraria Arquipélago Editorial  que decidiu não fazer parte da campanha Black Friday e se posicionou sobre o assunto via e-mail marketing para os inscritos no site.


Arquipélago Editorial

Imagem: Arquipélago Editorial (2020)

As práticas de consumo consciente e produção consciente que não agride o meio ambiente são cada vez mais valorizadas e a transparência do processo também. Além do mercado do e-commerce, nota-se um volume maior de marcas que surgem no Instagram Shopping com a proposta de brechó online, por exemplo.

De acordo com uma pesquisa da Akatu, os compradores tendem a ver como positivo o fato das empresas cuidarem das pessoas, além de adotarem práticas sustentáveis e de combate a práticas negativas como trabalho infantil.

7.Inteligência Artificial e Big Data

A Inteligência Artificial está mais presente em nossa vida do que imaginamos. Já citamos o fato das lojas terem a possibilidade de contar com provadores virtuais, mas você sabia que existem outras ferramentas e aplicativos que podem ser uma ‘mão na roda’ para as marcas que desejam extrair dados e insights sobre o comportamento do consumidor nos e-commerces?

Se você já visitou uma loja on-line, fechou a janela, mudou de site e quando entrou na mesma loja em outro momento, pode ter percebido que o site montou algumas “dicas personalizadas” com base no seu gosto de pesquisa. Acertamos?

Não é um truque de mágica. É a união das ferramentas de IA com a interpretação e leitura de dados que ficam no Big Data da web e se você ainda não investe nestas ferramentas, chegou o momento!

8. Chatbots

Não é de hoje que existem vantagens comprovadas para implantar a tecnologia dos chatbots nos canais de comunicação de uma empresa. O uso destas ferramentas em sites de vendas, fecha a lista de 8 tendências de e-commerce para 2021 porque as pessoas exigem agilidade, solução imediata e não querem mais perder tempo na hora de adquirir um produto.

chatbots

É claro que o atendimento humano não deixará de existir, mas ponderar o uso dessas ferramentas, integrando-as como um reforço para a estratégia das marcas pode ser bastante positivo e, inclusive, profissionais de marketing podem e devem fazer parte da construção de scripts personalizados para atendimento ao cliente por meio dessas plataformas.

Gostou das tendências de e-commerce para 2021?

Agora que você chegou ao fim do artigo com as 8 tendências de e-commerce para 2021, esperamos que essa dicas sejam úteis para o seu dia a dia, empreendedor que trabalha com lojas virtuais.

Não deixe de fazer um planejamento de marketing para seu e-commerce neste ano, com metas definidas, ações estratégias e mensuração de resultados. Desta forma, as chances de sucesso são melhores.

...

Dúvidas sobre como colocar na prática as boas práticas das tendências para seu e-commerce? Converse com a equipe da Nerdweb!

FIQUE POR DENTRO!

Fique atualizado com as últimas noticias, dicas e novidades da Nerdweb.