SEO

Os dados do Google Search Console são confiáveis para tomar decisões estratégicas de marketing?

Analistas verificaram que o Google Search Console não tem funcionado adequadamente no início de 2017 em testes realizados.

Por Nerdweb - Dia 04 de Abril de 2017 às 19:04

Os publicitários e empreendedores utilizam várias ferramentas para lidar com os dados gerados por sua audiência no meio digital, sobretudo para fazer um bom planejamento e traçar uma estratégia em cima das informações retiradas de dezenas de relatórios. Mas e quando uma das principais ferramentas pode estar furada? Imagine o tamanho da dor de cabeça que isso pode causar.

Foi justamente isso que Russ Jones da MOZ verificou recentemente no fim de janeiro de 2017 ao pesquisar extensivamente a ferramenta Google Search Console , famosa por supostamente trazer insights sobre palavras-chave, posicionamento e recomendações nos resultados de busca do Google. Ele descreveu dois conceitos de testes para validação da sua pesquisa:  

  • Validação interna: dados que dados representados exatamente sobre o que o Google sabe do seu site. 
  • Validação externa: dados que representam a web. 

Tendo estas premissas, Jones criou cerca de cinco relatórios de pesquisa que testaram os seguintes quesitos do serviço de maneira aprofundada: 

  1. Melhorias de HTML 
  2. Status do Índice 
  3. Links Internos 
  4. Links para o seu Site 
  5. Pesquisas no Google Analytics 

Neste último, ele efetuou testes que verificavam a confiança de dados fazendo buscas com perfil logado no Google Chrome ou em modo incógnito, fazendo buscas mobile e também realizando elas no Firefox. Sempre testando 5 vezes a mesma palavra-chave ao longo de um dia. O resultado que ele obteve do GSC foi este:


Das 84 buscas efetuadas, apenas 2 delas geraram impressões. Logo, Jones questionou se o Google estava realmente guardando os dados das páginas testadas ou se sua equipe, durante os testes, não atingiram o volume mínimo de buscas necessário. Vale lembrar que este foi apenas um dos vários testes que ele realizou com vários cálculos estatísticos de correlação, como você pode visualizar no artigo original.

Comparando dados

Para ter certeza, Jones verificou uma grande discrepância entre o relatório do GSC e do Google Analytics. Enquanto no GA alguns artigos tiveram 6 mil cliques orgânicos em um dia, no Google Console Search 0 cliques foram relatados. Ele acredita que tudo tem a ver com a forma em que os cliques das URL são rastreados.

O cientista de buscas conclui seu artigo dizendo que os dados do Google Search Console fornecem uma grande quantidade de informações inestimáveis para webmaster tomarem decisões, contudo recomenda que eles devam neste momento permanecerem céticos quanto aos resultados apresentados, sempre efetuando validações internas e externas incansavelmente.

Jones aconselha os webmasters a sempre utilizar ferramentas diferentes simultaneamente para verificar se os dados batem e se o trabalho de sua equipe está sendo eficiente. Após esta publicação, Gary Illyes, do time do Google, opinou diplomaticamente no Twitter que sua equipe está ciente e vai investigar a falta de acuracidade apontada.

De toda a forma, sendo um bug ou um problema isolado, é bom ficar atento aos seus relatórios e cruzar dados para não apostar todas as fichas em um único cavalo.

Fonte(s): MOZ Blog

FIQUE POR DENTRO!

Fique atualizado com as últimas noticias, dicas e novidades da Nerdweb.