Marketing

O que é neuromarketing?

Técnicas de neurociência, quando aplicadas ao marketing, podem trazer resultados bastante expressivos para o seu negócio.

Por Nerdweb - Dia 28 de Junho de 2019 às 23:06

Entre as muitas inovações que o mundo do marketing busca para encontrar formas de se tornar mais assertivo junto aos consumidores, o chamado “neuromarketing” é uma das alternativas que vem ganhando destaque. Você sabe o que é neuromarketing?

Embora alguns possam torcer o nariz para essa ideia, o fato é que ele se refere a uma série de estratégias que comprovadamente funcionam. Trata-se de soluções encontradas para se comunicar com o público que têm as descobertas da ciência com embasamento fundamental.

O que é neuromarketing?

Neuromarketing nada mais é do que a junção de conceitos de neurociência com estratégias de marketing. A neurociência tem como principal objetivo entender o funcionamento do cérebro humano. A compreensão sobre como reagimos aos mais diferentes tipos de estímulo é um dos objetos de estudo mais interessante do ponto de vista mercadológico.

neuro-marketing

Sendo assim, os estudiosos do neuromarketing se baseiam nesses estudos e conhecimentos para criar estratégias de marketing que sejam mais eficientes junto aos potenciais consumidores. A partir das explicações científicas torna-se mais fácil compreender a razão pela qual as pessoas tomam certas decisões.

Embora o termo “neuromarketing” tenha se tornado mais frequente nos últimos anos, estudos de neurociência e sua aplicabilidade ao marketing vem sendo realizados há muitas décadas. No caso do Brasil, a Fundação Getúlio Vargas (FGV) é uma das referências no assunto. Desde 2011 a instituição mantém um centro de pesquisas em que utiliza ferramentas para analisar reações cerebrais.

Os dados obtidos por meio de pesquisas e exames médicos, como o eletroencefalograma, são cruzados de forma que se possa compreender melhor as ações comunicativas entre fornecedores e consumidores.

Como aplicar o neuromarketing no seu negócio?

A partir da observação do comportamento e das reações químicas do cérebro humano durante os processos de comunicação, inúmeras técnicas de neuromarketing foram criadas. Algumas delas, no entanto, se tornaram mais proeminentes e vem sendo empregadas especialmente em grandes corporações. 

neuromarketing

1. Psicologia das cores

A cor de um determinado produto ou de uma marca influencia na maneira como a percebemos. Além disso, determinadas cores são associadas com mais frequência a sentimentos específicos. Em resumo: escolher cores que façam sentido dentro da proposta comunicativa de uma empresa pode resultar em uma melhor percepção por parte dos consumidores, aumentando as suas vendas.

2. Gatilhos mentais

Essa é uma técnica empregada já há um bom tempo no comércio, e que comprovadamente traz bons resultados. Estímulos como “prova social” (tendência a seguir a maioria), “escassez” (número limitado de peças), “urgência” (prazo restrito de oferta) e “exclusividade” (peças acessíveis a um número seleto de pessoas) são exemplos de estratégias empregadas em larga escala.

3. Testes A/B

Os testes A/B consistem em disponibilizar para o público duas alternativas similares para que eles possam escolher aquela que desejarem. Uma empresa pode conseguir resultados melhores em sua publicidade simplesmente trocando o termo “baixe aqui” por “clique aqui”. Alguns experimentos são bastante sutis, mas os resultados podem ser surpreendentes.

4. Agregue valor a um produto

No mercado atual é comum encontrarmos produtos com características e preço similares. O que fará com que o consumidor decida por um ou outro é o valor agregado que esse produto traz. Um consumidor pode pagar mais por um produto “comum” se de alguma forma ao utilizá-lo o simples fato de ostentar o item possa torná-lo mais relevante socialmente.

5. Domine a arte do storytelling

O marketing de conteúdo é uma importante ferramenta para qualquer empresa. Em muitos casos, a forma como você se comunica com o público é mais importante do que aquilo que você comunica. Contar boas histórias e envolver o seu consumidor pode resultar não apenas em mais vendas, mas em consumidores leais à sua marca e que podem se tornar potenciais propagadores das suas ideias.

Técnicas de neuromarketing: fazendo a diferença na tomada de decisão

Infelizmente (ou felizmente) não existe uma receita de bolo quando se trata de marketing. As razões pelas quais um consumidor toma uma decisão podem diferir completamente de outro. No entanto, compreender quais são os padrões, se houver, é uma das funções dos especialistas em marketing.

neuromarketing o que é

A ideia sempre é conquistar o maior número possível de pessoas com o menor empreendimento de esforço. Nesse aspecto, os estudos de neurociência, assim como trazem melhorias para o nosso dia a dia, também nos ajudam a interpretar de maneira correta o comportamento dos consumidores.

Não se trata de acreditar cegamente em todas essas premissas, mas também não podemos negar a sua existência. As ferramentas existem e devem ser aproveitadas. Ao reunir a sua equipe de especialistas em marketing digital, utilize essas técnicas e conceitos aplicadas à sua estratégia. Certamente você se surpreenderá com os resultados que pode obter a partir de ações relativamente simples.

****

Para conseguir a melhor estratégia de marketing para sua empresa, entre em contato com a Nerdweb. Nossos profissionais são especializados em buscar os melhores resultados para os nossos clientes.

 

FIQUE POR DENTRO!

Fique atualizado com as últimas noticias, dicas e novidades da Nerdweb.