SEO

4 estratégias para você melhorar os acessos da busca do Google com um Snippet em Destaque

Conheça algumas dicas para você lutar pela primeira posição do resultado de busca do Google com um Snippet em Destaque.

Por Nerdweb - Dia 09 de Maio de 2017 às 23:05

Snippet em Destaque é aquele resultado de busca que aparece envolvido por uma espécie de cartão e tem como objetivo trazer uma resposta direta a uma pergunta ou mesmo um guia passo a passo para o pesquisador realizar alguma ação. E o que fazer para o seu site aparecer com este formato?

É bom ressaltar a importância deste modelo de resultado que têm ganhado os resultados da busca do Google todos os dias. Alguns sites afirmam que sua taxa de cliques aumentou em até 3 vezes depois que suas URLs começaram a aparecer como Snippet em Destaque.

O que você precisa fazer, antes de tudo, é entender que é o Google quem determina quais conteúdos devem aparecer assim e que você precisa compreender muito bem as palavras-chave que podem levar a carregar as caixas de resposta. No atual momento, é praticamente impossível uma ferramenta prever quais buscas vão carregar neste formato.

Por outro lado, uma coisa é certa: se você conseguir um resultado destes, saiba que é possível otimizar o seu conteúdo para tirar melhor proveito da situação, fazendo com que as pessoas cliquem no conteúdo ao invés de consumirem a informação sem sair do resultado de busca do Google.

1. Entenda como o Google utiliza o Snippet em Destaque

O Snippet em Destaque foi especialmente concebido para mostrar um resumo de uma resposta, extraída de uma página da internet, cujo principal objetivo é resolver o problema dos usuários que querem algo mais rápido (ao passo que é vantagem para o buscador seus usuários ficarem mais tempo no Google, permitindo imprimir mais anúncios de AdWords).

Basicamente, perguntas sobre definições, significados e tutoriais passo a passo são os conteúdos que mais usufruem deste formato no buscador. Contudo, é o Google quem determina programaticamente qual página contém a resposta provável à pergunta do usuário.

Em outros países, como EUA, o formato responde uma gama ainda maior de tipos perguntas, como horários de todos voos domésticos e outros meio de transporte, listas, letras de músicas e outros. No Brasil, o buscador foca mais em definições, resultados de jogos esportivos e receitas culinárias, muito embora esteja sempre aumentando a natureza das perguntas para carregar com Snippet em Destaque.

Se você quer ter mais chances de aparecer em um Snippet em Destaque no Brasil, nossa recomendação no momento é focar em perguntas sobre a definição ou comportamento de alguma coisa, sempre resumindo muito bem no primeiro parágrafo do que se trata e usando expressões importantes como “o que é”, “como funciona”, “o que significa” e “definição de”.


Caso você já tenha algumas páginas do site bem ranqueadas na primeira página do Google, a chance de uma hora o seu conteúdo se tornar um snippet em destaque aumenta drasticamente. Contudo, vale a pena também conhecer algumas regrinhas para você não entregar tudo de bandeja, fato que nos leva ao próximo item!

2. Não entregue tudo de bandeja

As pessoas não vão entrar no seu conteúdo se você responder a pergunta com poucas palavras e, por pior que isso possa parecer, é uma grande realidade. Sendo assim, tutoriais passo a passo muito curtos ou resumos com poucas palavras e nenhuma profundidade podem na verdade ter o efeito oposto: seu site começará a deixar de ganhar acessos porque os visitantes se satisfazem com o que o Google exibe.

Portanto, considere algumas artimanhas como aumentar o número de passos (adicionando alguns extras) para que o Google mostre o botão de “Mais itens” e o usuário necessite entrar no seu site para conferir todo o resultado. Caso contrário, é você quem estará perdendo!


3. Estruture os dados do seu site

Um dos grandes segredos das boas práticas para ter seu conteúdo predisposto a aparecer como um Snippet de Destaque para responder uma pergunta é ter o conteúdo do seu HTML devidamente estruturado. Veja alguns elementos importantes:

  • Listas ordenadas 
  • Listas desordenadas 
  • Parágrafos de texto 
  • Conteúdo em tabelas 
  • Cabeçalhos 

Por exemplo, uma forma de você fazer com que o Google interprete uma listagem de itens é colocar um H2 (cabeçalho 2) antes de uma lista com marcadores (bullets). Isso acontece porque o Google ama conteúdos tabulados e organizados. O mesmo acontece em resultados de jogos ou classificações, algo que a Wikipédia utiliza com sabedoria ao organizar dados em tabelas.


É claro que o Google também pode montar listas mesmo sem cabeçalhos, listando conteúdos com base nos textos. Desta forma, tão importante como tabular e estruturar o conteúdo é você saber como escrever para que o buscador te dê créditos.

E isso é muito mais fácil do que se imagina! Basta pensar como consumidor, como usuário.

Que pergunta você faria sobre aquele tema? Como você escreveria para saber a resposta? Se o seu site contiver a mesma expressão respondendo a pergunta, você está adotando as boas práticas e a chance do seu conteúdo ganhar notoriedade aumenta, muito embora hoje o Google leve em conta mais de 200 variáveis para organizar o SERP (resultado de busca).

Uma dica de ouro neste sentido é encontrar perguntas frequentes que tenham um volume médio (dezenas ou centenas milhares de páginas, mas não milhões) e que ainda não possuem conteúdos muito completos ou precisos, levando em conta a expressão da pergunta. Com base nisso, você pode criar as páginas e responder exatamente a pergunta e acompanhar a evolução do seu ranqueamento.

Não deixe de experimentar também o Assistente de marcação de Dados Estruturados e a Ferramenta de teste de Dados Estruturados para verificar se o seu site está preenchendo todos os requisitos mínimos, sem apresentar erros.

4. Use o Google Search Console

O Google Search Console é uma ferramenta da própria Google que permite verificar a posição de indexação e outros recursos do site no buscador. Apesar dela ser duramente criticada como imprecisa e por ter muitos bugs, existe uma característica interessante que você pode usar: re-rastrear páginas!


Esse recurso é de suma importância para você forçar o Google a dar aquela priorizada em determinada página. Tudo o que você precisa fazer é o seguinte:

  1. Entre no Google Console Search e escolha o seu site 
  2. Expanda a aba Rastreamento e clique em “Buscar como o Google” 
  3. Digite o final do endereço da página no seu domínio que você editou e clique em “Buscar” 
  4. Então, no resultado que surgir clique em Solicitar Indexação caso o botão apareça 
  5. Pronto! O Google vai automaticamente atualizar em alguns minutos as informações que possui sobre aquela página específica 

Snippets em Destaques são o grande foco de muitas páginas que buscam melhorar seu ranqueamento com SEO. A vantagem é que no Brasil muitos resultados de busca não possuem respostas bem preparadas e que, segundo a própria Google, 15% das pesquisas diárias são por novas palavras-chave.

Portanto, organize-se, planeje e faça testes pensando na mesma lógica do Google. Afinal, eles mesmos criam a lógica para premiar o melhor para o usuário. Logo, se você segui-los estará sendo recompensado pelo trabalho bem feito.

Sem muito tempo para gastar as energias com o gerenciamento da empresa e do seu site no Google? Não tem problema, venha falar com a Nerdweb que nós podemos podemos ajudá-lo a traçar um plano para aumentar o resultado orgânico e pago no buscador mais popular do mundo.

FIQUE POR DENTRO!

Fique atualizado com as últimas noticias, dicas e novidades da Nerdweb.