E-commerce

Pesquisas do Google mostram o peso do inverno nas decisões de consumo dos brasileiros

Pesquisa online conduzida pelo Google no mercado brasileiro em 2017 revela mudanças no comportamento de compras e oportunidades para as empresas.

Por Nerdweb - Dia 20 de Abril de 2017 às 00:04

O Google Brasil apresentou, nesta última terça (18), o resultado de três pesquisas conduzidas pela sua plataforma online Google Consumer Survey, pelo buscador e pelo YouTube em fevereiro deste ano com 1500 participantes. O tema? Como o inferno afeta as buscas e o consumo de brasileiros acima de 18 anos.

O resultado foi apresentado na sede da empresa, em São Paulo, e apresentou conclusões como um acréscimo de 10% de compras no inverno e também quais alimentos ganham mais destaque durante este período.

Mario Garcez, Diretor de Negócios e Bens de Consumo do Google, resumiu os motivos que levaram a empresa a conduzir as três pesquisas:

“O principal objetivo deste levantamento é mostrar para as marcas que existem oportunidades escondidas em muitos temas relacionados ao inverno e que podem ser melhor trabalhadas. Como entender, por exemplo, que a busca por chocolates é maior em julho e que existe uma forte ligação emocional das consumidoras com maquiagem no período”

Confira os principais insights da pesquisa

  • Buscas por compras em geral crescem 10% no inverno 
  • 1 a cada 4 brasileiros vê comida como principal atrativo da estação 
  • Pesquisas nos buscadores por hidratantes para pele seca aumentam 30% no inverno em relação ao verão 
  • A principal festa do inverno é a festa junina e 44% dos homens pretendem comemorar, enquanto este valor sobe para 55% quando falamos do gênero feminino 
  • 42% das pessoas pesquisadas acreditam que aconchego e conforto são palavras que descrevem o período 
  • 80% das pessoas pesquisadas preferem ficar em casa e finais de semana quando há muito frio 
  • 75% das pessoas pesquisadas têm consciência de que comem mais no outono e no inferno. O resultado pela busca “como melhorar a aparência” aumenta em decorrência do aumento de peso e da acne 
  • Buscas relacionadas a empréstimos e endividamento caem 7% no outono e voltam a subir no inverno 
  • Buscas relacionadas à depressão, tristeza e ansiedade sobem 11% em média no outono e 23% no início do inverno 
  • Buscas com os termos “como melhorar a aparência” e “como ser menos feio” crescem 45% em relação ao mesmo período em 2015 
  • Buscas relacionadas a receitas culinárias sobem 10% em média nos meses de inverno 
  • 77% dos pais com crianças de até 12 anos costumam tirar férias em julho para ficar mais perto dos seus filhos 
  • 52% dos pais com crianças de até 12 anos pretendem ficar apenas em casa 
  • O conteúdo infantil assistido no YouTube cresce, em média, 15% durante este período 
  • 20% das pessoas pesquisadas pretendem participar de algum festival de inverno 
  • 13% das pessoas pesquisadas frequentam rodeios, sendo 16% para homens e 11% para mulheres 
  • A demanda por roupas de inverno cresce 30% no período 
  • Vídeos sobre looks de inverno são 60% mais visualizados do que looks de verão 

As palavras que mais lembram inverno para os brasileiros são chocolate quente, vinho, fondue, lareira e neve, muito embora dificilmente fazem parte da memória dos dias de frio. O YouTube tem mais de 400 mil vídeos em português ensinando como fazer neve, o que mostra a força do imaginário e como o brasileiro percebe o frio.

Buscas por shampoos a seco aumentam e têm relação com a redução de frequência de banho, gerando mais oleosidade nos cabelos. Outro exemplo relacionado ao período é o pico de busca por chocolate, que tem seu auge em julho, ultrapassando até mesmo o período da Páscoa.

Oportunidade para empresas

Segundo o estudo, o imaginário do brasileiro conta muito na comercialização de produtos tradicionais da estação, sobretudo do vinho e do fondue. Empresas que dão novas abordagens para eles com combinações diferenciadas possibilitam despertar o interesse dos brasileiros, que são apegados aos ícones invernais.

Além disso, três grandes grupos de produtos recebem atenção nesta época do ano. São eles:

1. Maquiagens: por ser um período que avaria muito mais a pele das brasileiras, a maquiagem passa a ser um personagem fundamental para que as pessoas se sintam mais elegantes. No inverno, a boca ultrapassa o olho (que é protagonista o ano todo) e ganha destaque com o uso de batons, sobretudo da cor vermelho.

2. Peles e cabelos: a redução de banhos aumenta o índice de pele oleosa, mesmo em uma época propícia a pele seca. Por isso, as mudanças de hábitos de higiene geram oportunidades para produtos como shampoo para cabelo seco e produtos voltados ao tratamento de acne.

3. Receitas culinárias: o aumento de consumo de produtos relacionados à época ganham destaque, como o chocolate que possui pico maior que a Páscoa. O fondue se torna campeão de buscas e um bom vinho também sempre está presente. Apesar de ser uma época de sopas e caldos, a feijoada misteriosamente permanece forte mesmo não pertencendo ao inverno imaginário brasileiro. 

A sua empresa pretende explorar o inverno (real ou imaginário) do brasileiro? Pense em estratégias que levem em conta alguns destes dados e conte com a Nerdweb se precisar planejar ações de marketing digital. Estamos preparados e ansiosos para trabalhar contigo!

Fonte: Google

FIQUE POR DENTRO!

Fique atualizado com as últimas noticias, dicas e novidades da Nerdweb.