Conteúdo

Guia de uso de hashtags para o Instagram da sua empresa

Saiba como otimizar sua estratégia digital no Instagram com o aperfeiçoamento na utilização de hashtags para os seus posts obterem um melhor desempenho.

Por Nerdweb - Dia 18 de Março de 2020 às 00:03

As hashtags no Instagram são uma ferramenta poderosa para descobrir sua marca, atrair novos seguidores, aumentar engajamento e criar uma estratégia afinada de branding. Neste guia desenvolvido pela Nerdweb, vamos falar sobre como fazer o melhor uso de hashtags para alavancar sua presença digital.

Com mais de 8 milhões de perfis comerciais ativos e aproximadamente 95 milhões de uploads de fotos diariamente, é preciso refinar e otimizar o conteúdo para encontrar o público certo. E com os últimos recursos lançados pelo Instagram, já é possível seguir hashtags e até colocá-las na sua biografia do perfil, aumentando ainda mais a importância de pensar nessa estratégia.

O que é uma hashtag?

Quem já navegou, por pouco tempo que seja, em alguma rede social provavelmente já se deparou com ao menos uma hashtag. Mas, só para não restarem dúvidas, elas são palavras ou frases (desde que sem o uso de espaços) antecedidas por aquele símbolo semelhante ao jogo da velha (#).

A explicação é simples, mas a dimensão do uso delas é imensa. Memes, campanhas e até ações offline (como revistas impressas) já adotaram o uso do elemento.

Mas dentro das redes sociais o “#” deixa de ser apenas um símbolo e passa a ser um recurso: compilar conteúdos, taggear postagens e criar elos entre publicações. Ou seja, as hashtags servem para criar etiquetas.

Tudo pode virar uma hashtag, por isso, saber escolher quais usar é fundamental para que o conteúdo seja encontrado mais facilmente, ganhe relevância e, claro, seja vinculado às temáticas certas.

Para isso, a análise e construção temática é indispensável. Ou seja:

  • Identifique o tema central da publicação;
  • Use ferramentas que indicam quais as hashtags mais relevantes relacionadas;
  • Aposte em hashtags amplas e específicas.

Outra dica importante é pesquisar o objetivo de cada hashtag antes de incluí-la na postagem. Muitas vezes, as hashtags viram campanhas e têm objetivos bem definidos por trás. Usá-las sem saber pode taggear seu conteúdo a mensagens que você não pretende passar.

Por que usar hashtags no Instagram?

O objetivo de toda publicação, seja no Instagram ou outras plataformas, é atingir o público interessado, gerar engajamento e aumentar a conversão. Usar hashtags pode ser uma aliada nessa hora, logo que assim há maior possibilidade de conseguir seguidores e mais likes. 

Como as hashtags são vinculadoras de publicação, elas funcionam como etiquetas temáticas. Assim, quando as pessoas clicam ou pesquisam alguma delas, podem navegar pelos resultados e encontrar mais facilmente postagens, marcas e empresas que são relevantes para seus interesses.

Claro que o recurso não funciona sozinho. Para isso, vale sempre as boas práticas de conteúdo. Ou seja, é preciso haver harmonia e integração entre as estratégias. Nada adianta ter um bom uso de hashtags populares se o conteúdo vinculado não atrair o interesse ao ser visto.

Basta pensar que aquela postagem vai ser mostrada junto às publicações de marcas e empresas que estão competindo pelo mesmo clique. Por isso, usar esse recurso é apenas o primeiro passo: não basta ser taggeado, é preciso ser relevante!

Requisitos para Hashtags: como escolher as melhores hashtags para usar no Instagram?

Antes de planejar as hashtags para sua marca, considere os seguintes itens:

1. Categorização

As hashtags organizam as publicações em categorias específicas, aprimorando a correspondência a pesquisas realizadas na plataforma. Pense em um funil: as mais específicas conseguem um grau de eficiência maior com o seu público do que as genéricas, pois estão no fim do funil.

Por exemplo: a hashtag #modafeminina tem uma concorrência mais de 10x menor do que apenas o termo #moda.

Porém, o ponto é achar um equilíbrio. Hashtags muito específicas podem tornar-se ineficazes. Nessa hora, vale considerar a jornada de buscas do público considerando a especificidade das redes sociais.

Ou seja, poucas pessoas vão digitar “#BlusaFemininaPreta”. Nesse caso, uma opção é trabalhar com combinações de hashtags, como “modafeminina” e “blusaspretas”.

2. Relevância

Considere pesquisar quais são os termos mais relevantes com o assunto do post, descobrindo as hashtags de afinidade com sua marca. Ao fazer parte da conversa das pessoas, seu conteúdo será divulgado de maneira espontânea, sem forçar a barra.

Algumas ferramentas online podem ajudar, como o Top Hashtags, Hashtagify.me e Keyhole. Também estude seus concorrentes e como os principais influenciadores de cada assunto estão utilizando as hashtags.

3. Popularidade

Para aumentar o envolvimento e a visibilidade na busca, fique atento aos assuntos do momento e às hashtags mais comentadas pelo usuários, que podem ser observadas na Guia Explorar. Algo similar aos “Trending Topics” do Twitter, apesar de não haver o detalhamento das hashtags.

O Trends Map também pode ajudar a encontrar o que está bombando no momento de acordo com as regiões.

Vale lembrar que hashtags têm uma dinâmica bem veloz. Por isso, vale entender o processo de buscas do público e quais são os termos realmente relevantes para a temática. Isso evita que sejam priorizadas hashtags momentâneas e que, em pouco tempo, perdem a popularidade e o volume de buscas.

Boas práticas: de que forma a minha empresa pode usar hashtags?

Após uma bom planejamento e auxílio de ferramentas para entender as melhores hashtags para a sua marca ou empresa, é importante entender de que forma usar para gerar mais engajamento e ganhar destaque no Instagram:

Como usar Hashtags na Bio do Instagram

A possibilidade de colar hashtags na bio do perfil no Instagram não é, exatamente, uma novidade. O recurso já está disponível desde março de 2018, mas ainda gera dúvidas sobre as vantagens e modos de usar.

De acordo com a própria plataforma, inserir uma hashtag na bio é um forma de destacar coisas que são relevantes para o perfil. E ela funciona exatamente da mesma forma na bio ou em uma publicação. 

Por isso, se for clicada, a página é redirecionada para as buscas taggeadas. 

Mas, ao entrar no perfil, clientes já têm uma noção mais objetiva e clara sobre o nicho do perfil. Algumas dicas são:

  • Evite muitas hashtags na bio;
  • Prefira inseri-las de modo fluido, ou seja, como parte do texto de apresentação;
  • Escolha as que sejam relevantes e informativas.

Crie uma hashtag para sua marca ou evento

Criar uma hashtag para a sua marca ou evento pode ser uma ótima estratégia de marketing digital - que pode, inclusive, ser usada na bio.

Nesse caso, ela funciona como um slogan da campanha e, por isso, deve ser planejada com atenção e criatividade.

Pense em termos que não sejam genéricos demais e acabem misturando-se a outros conteúdos. Afinal, o objetivo não é competir com centenas de outros taggemaentos sem relevância para a sua marca ou evento.

Além disso, sobretudo quando ela é criada para eventos, aposte no engajamento e use elementos que sejam de fácil compartilhamento e identificação. A partir daí, basta trabalhar estratégias como:

  • Peça para quem participou do evento postar fotos com a hashtag: isso vai vincular automaticamente os conteúdos e facilitar as buscas;
  • Crie promoções com o uso da hashtag: gera engajamento e aumenta a interação;
  • Use as hashtags em stories: estimula a interação e aumenta o alcance do stories.

Hashtag de localização

Usar hashtags de localização é uma estratégia eficaz, sobretudo quando a empresa ou marca tem loja física. Mas não é uma exclusividade - mesmo lojas online ou marcas nacionais podem apostar nessa tática se trabalharem com ofertas para um público-alvo local.

Isso porque, ao incluir marcações de região, você trabalha também com hashtags mais específicas. O ideal é trabalhar com o equilíbrio entre os termos amplos e a localização. Por exemplo, pode-se usar "MarketingDigitalSP" ou "ComunicaçãoEmCuritiba".

Elas podem ser incluídas tanto na Bio quanto nas postagens. Dessa forma, quando as pessoas buscarem a localização, o conteúdo é vinculado. 

Além disso, lembre de ir além do nome da cidade ou estado: busque e aposte em variações, como: “curitiba” e “CWB”.

Aproveite a sazonalidade

A sazonalidade pode ser entendida e aproveitada em dois sentidos: o primeiro é dar atenção à popularidade das hashtags, como #tbt -  do inglês Throwback Thursday, utilizada às quintas-feiras para postar fotos especiais do passado. 

Já a segunda possibilidade de aproveitar a sazonalidade é trabalhar com datas e eventos futuros, como #BlackFriday, #DiaDoConsumidor e até #Natal quando o conteúdo for relacionado. Por isso, dê atenção ao calendário.

Analise e aprimore

Para finalizar, lembre-se de sempre monitorar e analisar quais hashtags estão funcionando bem e quais devem ser aperfeiçoadas com o passar do tempo. É a velha regra: repita o que funciona e reconsidere as hashtags que não estão dando retorno.

Vale usar ferramentas que analisam quais as hashtags em alta e outras relacionadas com o tema, por exemplo. Algumas têm funções como filtros e análise de menção. Entre as opções estão:

_________

Quer saber mais e ter um planejamento digital personalizado para sua marca? Entre em contato com a Nerdweb pelo nosso e-mail para sabermos como podemos montar a estratégia certeira para seu Instagram.

FIQUE POR DENTRO!

Fique atualizado com as últimas noticias, dicas e novidades da Nerdweb.