Conteúdo

Facebook anuncia mudança drástica que vai mostrar mais posts de amigos e familiares ao invés de marcas

Mark Zuckerberg, criador e CEO da rede social, anunciou uma grande alteração no algoritmo de entrega de posts no Feed de Notícias das pessoas para 2018.

Por Giovana Bonatto - Dia 12 de Janeiro de 2018 às 19:01

Nesta última quinta (11), Mark Zuckerberg anunciou uma grande mudança na forma como os posts serão exibidos no Feed de Notícias do Facebook. A partir de agora, a rede social vai mostrar muito mais posts de amigos e familiares ao invés de páginas de marcas e empresas,. Em outras palavras, vídeos virais e posts publicados por empresas ou grandes páginas não aparecerão mais tanto no seu feed e os posts enviados ou comentados dos seus parentes e amigos estarão no topo.

Segundo o Facebook, foram realizados diversos estudos e eles apontaram que interagir com pessoas reais em redes sociais faz muito bem às pessoas, mas ler artigos ou ver vídeos — mesmo que eles nos entretenham —  não.

O argumento utilizado pela rede social no comunicado explica que o Facebook quer que os seus usuários se sintam mais positivos do que negativos depois de visitarem a página e esse é o motivo principal para a grande mudança. De acordo com Mark Zuckerberg, criador e CEO do Face, a intenção é maximizar a quantidade de “interação significativa”, por isso posts de notícias postadas por empresas, marcas, mídias e celebridades abrirão espaço para que posts de pessoas que você interage mais.

E será possível perceber a mudança em algumas semanas!

Quem deve se preocupar?

A companhia afirmou que páginas que já não costumam receber muita interação sentirão ainda mais a mudança, mas páginas que produzem conteúdo relevante que geram reações e comentários não sentirão tanto, embora mesmo assim haja uma tendência de queda.

E se você está preocupado que a partir de agora só os posts do seu tio chato fiquem aparecendo, não é bem assim. Ainda será possível personalizar a sua página do jeito que quiser, bastando alterar as suas preferências para selecionar os seus favoritos. 

Contudo, para as empresas e marcas esse deverá ser um grande golpe no alcance orgânico, que deve ser reduzido em detrimento dos posts de amigos e familiares. Utilizar anúncios será ainda mais primordial, assim como criar estratégias que entreguem conteúdo capaz de gerar interação real.

Depoimento do Mark Zuckerberg

Mark Zuckerberg deixou o seu depoimento em seu perfil oficial no Facebook, contando e explicando tudo sobre como será o novo Feed de Notícias. É claro que o post é em inglês, mas nós traduzimos tudo aqui na integra para vocês (tradução livre):

Uma das nossas principais áreas de foco para 2018 é garantir que o tempo que gastamos no Facebook seja bem gasto.

Construímos o Facebook para ajudar as pessoas a permanecerem conectadas e nos aproximar daquelas que realmente são importantes para nós. É por isso que sempre colocamos amigos e familiares no centro da experiência. Pesquisas mostram que o fortalecimento de relacionamentos melhora nosso bem-estar e felicidade.

Mas recentemente recebemos comentários da nossa comunidade sobre o conteúdo público — posts de empresas, marcas e meios de comunicação — que estão excluindo os momentos pessoais que nos levam a se conectar com pessoas.

É fácil de entender como chegamos aqui. Vídeo e outros conteúdos públicos explodiram no Facebook nos últimos dois anos. Uma vez que existe mais conteúdo público do que posts de amigos e família, o saldo do que é exibido no Feed de Notícias deslocou a coisa mais importante que o Facebook pode fazer — nos ajudar a se conectar uns com os outros.

Nós sentimos a responsabilidade de garantir que nossos serviços não são apenas divertidos de usar, mas também bons para o bem-estar das pessoas. Então, estudamos essa tendênca com atenção, realizando uma pesquisa acadêmica e fazendo também a nossa própria pesquisa com especialistas de universidades.

O resultado dessas pesquisas mostra que quando usamos redes sociais para se conectar com pessoas que nos preocupam, pode ser bom para o nosso bem-estar. Podemos nos sentir mais conectados e menos solitários, e isso se correlaciona com medidas de saúde e felicidade de longo prazo. Por outro lado, a leitura passiva de artigos ou exibição de vídeos — mesmo que sejam divertidos ou informativos — podem não ser tão bons.

Com base nisso, estamos fazendo uma grande mudança na forma como construímos o Facebook. Estou (pessoalmente) mudando o objetivo que eu dei aos nossos times de produtos de ajudar as pessoas a encontrar conteúdo relevante para outro: ajudá-las a ter interações sociais mais significativas.

Começamos a fazer mudanças nesta direção no ano passado, mas levará meses para esse novo foco abrir caminho em todos os nossos produtos. As primeiras mudanças vocês verão no Feed de Notícias, onde é possível esperar muito mais conteúdo de amigos, familiares e grupos.

No decorrer desse processo, você verá menos conteúdo público, como posts de empresas, marcas e veículos de comunicação. E o conteúdo público que você verá será daqueles posts que encorajarão interações significativas entre as pessoas.

Por exemplo, existem muitas comunidades bem nichadas em torno de programas de TV e equipes esportivas. Nós vimos essas pessoas interagirem com vídeos ao vivo do que as pessoas regulares. Algumas notícias ajudam a iniciar conversas sobre questões importantes. Mas muitas vezes, hoje, assistir a vídeos, ler notícias ou obter uma atualização sobre uma página é uma experiência passiva.

Agora, eu quero ser claro: ao fazer essas mudanças, espero que o tempo gasto pelas pessoas no Facebook e algumas métricas de envolvimento cáiam. Mas eu também espero que o tempo gasto no Facebook seja mais valioso. Se fizermos o que é certo, acredito que será pelo bem da nossa comunidade e também dos negócios a longo prazo.

No seu melhor, o Facebook sempre foi sobre conexões pessoais. Ao se concentrar em aproximar pessoas — seja com a família e amigos ou em torno de pessoas importantes no mundo — podemos ajudar a garantir que o tempo do Facebook seja bem gasto.

Um sentimento misto

A novidade publicada por Mark Zuckerberg causou sentimentos mistos ao redor do mundo. Algumas pessoas concordam com a mudança, mas certamente o mercado de mídia se sentiu confuso e desemparado, sobretudo com o alcance orgânico. O que você achou das novidades? Conta pra gente nos comentários!

E já sabe, para ter resultado em seu negócio em redes sociais, é preciso estar atualizado sobre todo os movimentos das plataformas. É por isso que a Nerdweb é uma das melhores opções quando o assunto é marketing digital focado em performance. Fale conosco!

Fonte(s): Facebook

FIQUE POR DENTRO!

Fique atualizado com as últimas noticias, dicas e novidades da Nerdweb.