SEO

Google torna muito mais fácil compartilhar URLs de sites que utilizam o AMP

Na medida que o formato AMP fica mais popular, Google começa a endereçar as principais reclamações dos publishers adicionando novos recursos.

Por Nerdweb - Dia 04 de Abril de 2017 às 18:04

O projeto Google AMP (Accelerated Mobile Pages), anunciado em 2015, chegou forte em 2016 para concorrer com o Facebook Instant Articles, Twitter Moments e Apple News. Para quem não conhece, ele é uma iniciativa opensource no qual sites registrados podem carregar muito mais rápido, principalmente quando a conexão dos usuários é precária — como é o caso do Brasil.

Uma página que possui suporte ao AMP pode ter um desempenho muito superior em dispositivos mobile justamente porque o seu código HTML é mais restrito e voltado no conteúdo, pois o Google pré-renderiza os textos em um iframe escondido antes do usuário abri-lo. E obviamente o buscador prioriza páginas da web que podem carregar no formato AMP.

Durante os últimos meses, a adoção de AMP por produtores de conteúdo e prestadoras de serviço que também possuem blogs aumentou muito e o formato ficou popular nos resultados de busca. Porém, como é o próprio Google quem armazena o endereço de uma página AMP, compartilhar conteúdos desta forma ainda é algo doloroso, uma vez que a maioria dos usuários se perde no processo. Ou era.

Ficou mais fácil compartilhar

A Google anunciou hoje, como prometido anteriormente, que os usuários a partir de agora verão o tradicional ícone de corrente ao lado da fonte de uma matéria que seja carregada pelo AMP, copiando automaticamente o endereço para que você possa compartilhar em outros apps. Ao segurar o dedo neste ícone, o usuário automaticamente carrega a função nativa do navegador para compartilhamentos.


Além disso, um ícone de reticências também foi adicionado para ajudar com mais informações sobre como o AMP é exibido na tela. Assim como já funciona no Chrome, a Google disse que quem usa o app de busca do Google ou as funções nativas do Android também receberá a atualização nas próximas semanas. No app do Google para iOS, o novo header com a corrente já está aparecendo.

A empresa aproveitou ainda para anunciar que está estudando uma forma para você poder incorporar a Web Share API ao AMP, permitindo que ao clicar no botão de compartilhamento o smartphone traga automaticamente os apps que a pessoa tem instalado ao invés de apenas copiar a URL. Tal novidade, contudo, ficará para o futuro.

Fonte(s): Google Developers Blog

FIQUE POR DENTRO!

Fique atualizado com as últimas noticias, dicas e novidades da Nerdweb.