Redes Sociais

Como funciona o algoritmo do Facebook em 2018?

Entenda quais são as premissas da rede social para a promoção de conteúdo e saiba como tirar proveito disso no seu negócio.

Por Nerdweb - Dia 28 de Novembro de 2018 às 21:11

Todo mundo que trabalha com redes sociais se pergunta como funciona o algoritmo do Facebook. O fato é que uma resposta exata para essa pergunta ninguém sabe, mas de acordo com as declarações dadas pelos executivos da empresa, é possível ter uma noção da orientação que se busca na promoção de conteúdo.

Em janeiro de 2018, Mark Zuckerberg anunciou que o Feed de Notícias do Facebook passaria por mudanças gradativas ao longo do ano. A ideia era priorizar aos usuários a visualização de publicações compartilhadas por amigos, familiares e grupos, deixando em segundo plano postagens de empresas, marcas e portais de notícia.

A declaração, é claro, deixou muita gente preocupada: afinal, ficaria ainda mais difícil para as empresas entrar em contato com os seus potenciais consumidores? O fato é que praticamente todas as grandes páginas sentiram uma queda no alcance orgânico de suas publicações. No entanto, é possível encontrar caminhos alternativos para continuar promovendo bons conteúdos na rede social:

Foco nas “interações significativas”

Em um fórum para publishers, um executivo da empresa destacou que não importa mais para a rede social quanto tempo os usuários gastam na plataforma, mas sim a qualidade desse tempo. A ideia é valorizar as “interações significativas” que os usuários têm. Em outras palavras, isso significa que o simples fato de postar conteúdo e fazer com que ele seja visualizado pelo maior número possível de pessoas não é tão relevante quanto ter um número significativo de interações – como comentários, curtidas e reações.

Em outras palavras, isso significa que interações ativas têm mais valor do que interações passivas. A premissa é que se o usuário dispendeu um maior esforço para interagir com o conteúdo, então se supõe que ele é mais significativo para o usuário e, portanto, mais relevante. Assim, comentários, reações, respostas a comentários, compartilhamentos e postagens em grupos.

Algumas dicas para você obter melhores resultados com postagens no Facebook

Ok, se as regras do jogo são essas, então é hora de saber como tirar proveito delas para que as suas postagens obtenham melhores resultados. Vale lembrar que não existe uma regra propriamente dita, mas sim indícios e caminhos que tendem a gerar mais relevância para a sua página. Nas palavras do Facebook, isso se chama “buscar interações significativas”.

1. Mantenha o foco em vídeo (especialmente ao vivo)

Quando se trata de distribuição de conteúdo, nenhum tipo de postagem retorna melhores resultados do que os vídeos. Quando falamos de vídeos ao vivo, tanto a distribuição quanto engajamento tendem a subir. Nesses conteúdos, a interatividade com os usuários costuma ser maior, podendo ser até seis vezes mais relevante.

2. Evite postagens caça-cliques

Como os comentários se tornaram uma parte importante do algoritmo, muitas páginas passaram a estimular interações “vazias”, apostando em chamadas do tipo “comente se você gosta de respirar”. Esse tipo de comentário tem menos valor. Isso porque o Facebook tem ferramentas para reconhecer quando uma postagem é simplesmente caça-cliques e quando ela é de fato relevante. Não tente trapacear.

3. Dê atenção especial aos grupos

Melhor do que fazer postagens tentando atingir inúmeras pessoas sem um perfil interessante para o seu negócio é fomentar comunidades e criar debates relevantes. Aqueles que conseguem reunir grupos de usuários participativos levam uma grande vantagem, pois seu conteúdo tende a ser entregue a um maior número de pessoas. Construa relações sólidas com os seus fãs e não seja apenas uma “máquina” de despejar postagens.

4. Crie conteúdo de qualidade

Copiar conteúdo de outros lugares ou fazer postagens que não dialoguem com o seu público são exemplos de ações infrutíferas dentro da rede social. Por mais que o mercado se oriente em relação aos números, tenha em mente que quantidade não é sinônimo de qualidade – e é qualidade que o Facebook espera das suas postagens. É melhor fazer menos posts, mas que sejam mais elaborados, do que floodar a timeline e obter um alcance reduzido.

5. Dê preferência à sua região

Antes de ser global, é preciso ser local. Uma das prioridades estabelecidas pelas diretrizes de notícias do Facebook para 2018 é a de envolver mais os publishers com a comunidade na qual eles estão inseridos. Portanto, se o seu negócio é local, foque os seus esforços em atingir pessoas próximas e não o Brasil inteiro. Isso pode ser feito de diversas formas, inclusive via Facebook Ads.

Fonte(s): Hootsuite

FIQUE POR DENTRO!

Fique atualizado com as últimas noticias, dicas e novidades da Nerdweb.